Gastronomia da Guiné Bissau

Texto de Mélanie Lima, LLCE1 português

A Guiné-Bissau, colónia portuguesa desde o século XV até à sua independência em 1974, tem uma tradição gastronómica muito rica e diversificada. Um dos ingredientes principais dos pratos guineenses é o arroz.

As águas muito ricas do Atlântico permitem o aprovisionamento regular de peixe, sobretudo no litoral do país, mas a carne também está muito presente nos pratos guineenses. Os Pepels (ou Papel) que são um grupo étnico presente na Guiné-Bissau e em Casamança moram em zonas rurais e são tradicionalmente exímios cultivadores agrícolas. Os terrenos agrícolas por eles cultivados são os mais adequados para o cultivo do arroz. Para termos uma ideia, a agricultura representa 56% da economia guineense, por isso, o cultivo do arroz é tão importante.

De entre as carnes mais tradicionais consumidas na Guiné-Bissau, destacam-se: o macaco (sobretudo o macaco verde, que é um dos pratos tradicionais do país), o pangolim ou a tartaruga.

A este do país, nas zonas da cultura do milho e do sorgo, são naturalmente estes cereais que muitas vezes substituem o lugar do arroz nas refeições das famílias.

O molho de amendoim, rico e popular com as donas de casa, o óleo de palma encontrada no país, muito barato, limão, quiabo ou diagatous (tomates amargos) adornam muitos pratos.

A gastronomia deste país é também tão variada quanto equilibrada. Os frutos, os legumes, as ervas e acompanhamentos são numerosos e os cozinheiros sabem como adaptar sua culinária com ingredientes sazonais.

Para as festas religiosas e/ou tradicionais para as famílias, os ingredientes podem ser mais raros e caros. Alguns exemplos desses pratos:

– A moqueca de peixe, feita com 1 peixe de aproximativamente 1 kg, 2 limões, 1 colher de sopa de concentrado de tomate, uma cebola, uma pimenta, 1 decilitro de leite de coco e sal.

Moqueca de peixe

– Cania : É uma sobremesa muito apreciada na Guiné-Bissau. Mistura de arroz com amendoim torrado e açúcar.

– Doce de papaia ou de coco.

– Caldo : Prato de arroz branco de peixe.

– Poportada : Prato preparado em base de farinha de arroz. O ingrediente principal é a carne de porco salgado.

– Le Siga : Feito com gambas frescas.

Abacate recheado com atum : Uma lata de Atum, 2 abacates maduros mas rijos ; 3 colheres de sopa de molho de tomates picantes ; 2 limões ; 2 DL de Matas ; coco ralado ; sal ; pimenta.

Camarões a Guineense

Frango de churrasco

Frango com bagique

Lagosta assada

Mancarra com citi.

Pitche-patche de ostras

Os pratos são tantos e tão deliciosos que é difícil de imaginar, mas espero que esta curta viagem possa abrir o apetite para a descoberta da Guiné-Bissau e das suas tradições.

 

Advertisements
Esta entrada foi publicada em Gastronomia, Uncategorized com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s