Street arte in situ.

por Estelle NEROT, LLCE3 português

Na atualidade do Art Magazine do mês de outubro de 2014 pude ler  “O Street Art na conquista de Djerba”. Este título chamou-me a atenção porque tenho a sensação que faz alguns meses que vejo “Street Art” mencionado em todo lado: num cartaz publicitário, na internet, nos  programas culturais da cidade, etc…

Mas o que é o Street Art? é o termo genérico para qualificar muitas coisas mas é mais especificamente, a arte de rua. Falei Arte? Sim. Pois, se durante muito tempo o Street Art foi assimilado aos graffitis ou tags, aquelas inscrições como ato de vandalismo, o estatuto hoje em dia evoluiu. Agora os tags e graffitis são uma verdadeira produção artística e o grafiteiro virou um artista com às vezes uma grande notoriedade, por exemplo, como Seth em Paris ou Okuda San Miguel em Portugal,  na Espanha e em França.

Da Villa ocupada em Nantes ao prédio da Axa no Porto, constatei que a arte urbana não se contenta mais com as ruas como portefólio mas também invade as galerias das cidades. Um vasto espaço lhe foi dedicado como em Nantes no antigo prédio da Mutualidade. Os artistas foram convidados a tomar posse desse edifício durante dois meses. No Porto o edifício Axa ofereceu o mesmo conceito.

Estas duas exposições tiveram um enorme sucesso, eu mesma tive a oportunidade de vê-la e confesso que fiquei encantada. Através destes projetos, descobri novamente uma arte urbana que não segue as regras de uma academia específica. Pode-se exprimir por diversas técnicas ou materiais

À medida que avançamos nas diferentes salas das exposições somos projetados num mundo à parte e acessível, onde poesia, criatividade e contestação dialogam de forma ativa.

Estas exposições permitem fazer desfrutar este gênero que durante muito anos teve uma má reputação. Constatamos uma evolução da percepção desta arte. A situação inverteu-se: a arte “bastarda” das ruas de má fama passou a ser exposta nas avenidas chiques e  nas galerias em voga.

Porém, mesmo achando estas manifestações muito interessantes, penso que a arte urbana tem mais impacto no seu contexto de origem, ou seja, na rua. Claro, uma obra não terá o mesmo impacto no interior e no exterior pois como diz Christophe Genin no seu ensaio Street Art au tournant: Reconnaissance d’un genre: “a mudança do suporte não é neutra. Este, não é apenas um simples deslocamento, mas sim uma mudança de contexto que transtorna a concepção e a execução”. De fato o artista escolheu tal muro, tal parede ou edifício por uma razão determinada.

Enfim, creio também que o desenho de rua é bem realizado e eficaz quando este possui uma espontaneidade. Quer dizer que você descobre de repente a pintura de forma aleatória, quando está andando na rua. A mensagem deixada pelo artista fica mais impregnada na nossa mente.

Ao escrever esta crónica não pude parar de pensar na arte do grafiteiro português Costah, cujo estilo poético também faz lembrar Seth mencionado acima. Talvez vocês já tenham visto um de seus trabalhos nas ruas do Porto.

Suas personagens, com o olhar tão particular ou os seus corações de Viana revisitados não nos deixam indiferentes. Seus trabalhos artísticos se integram de maneira inteligente no espaço urbano, jogando com os elementos já existentes da parede ou do edifício. Costah é um destes grafiteiros, como  muitos outros, que fazem com que paremos, um instante, na rua. E a emoção que sentimos é única, pode nos fazer sorrir antes de ir para o trabalho ou também refletir durante o dia inteiro. E isto é único.

Deixo aqui um pouco desta arte urbana que descobri durante estes últimos meses com estes sites:

 http://www.villaocupada.com/visite-virtuelle/

http://www.costah.net/street-art.html

http://streetartaxaporto.wix.com/streetart#!gallery/c24vq

Um dos numerosos corações de Costah no Porto

Trabalho de Pelucas em Nantes na Villa Ocupada

Costah no edifico Axa Porto

Mioshe na Villa Ocupada

Mioshe na Villa Ocupada

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Artes Plásticas. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s