O crioulo na Guiné-Bissau

por Lucimar Severiana da Silva, LLCE1

A Guiné-Bissau é um país de 36.125km² que se situa na costa ocidental da África entre o Senegal e a República da Guiné. Este país foi uma colônia portuguesa a partir de 1446 e teve sua independência no dia 10 de setembro de 1974. Esta colonização deixou uma grande herança e influência na cultura da Guiné-Bissau, entre essas influências, as mais importantes foram a língua portuguesa e o crioulo guineense.
 Antes da chegada dos portugueses, várias línguas nativas coabitavam (Balanta, Mandinga, Fular, etc.).

A Guiné-Bissau, dividida em inúmeras tribos, integrava o reino Gabu no qual várias línguas eram faladas. Essa herança é visível ainda hoje, pois a Guiné é dividida em vários grupos étnicos e composta de múltiplas línguas locais. Depois do século XV, a coabitação entre os portugueses e estas diferentes tribos deu origem ao crioulo guineense, um crioulo de base lexical portuguesa que se desenvolveu ao longo do tempo e hoje é a língua veicular em toda à Guiné-Bissau (60%  da população) e também na região senegalesa de Casamança. Na base foi uma língua criada para facilitar a comunicação entre os europeus e os africanos.

Quando os portugueses perceberem que o crioulo estava se expandindo pelo país lançaram uma política de proibição da utilização do crioulo, porque o consideravam como uma deformação do português (”português mal falado”), mas também porque era uma ameaça ao sistema colonial português, dado que os portugueses tinham a intenção de utilizar a língua portuguesa  como a principal arma de unificação da Guiné-Bissau a fazendo um império português por completo, não podiam permitir a ameaça de outra língua no mesmo espaço.

O Crioulo é a língua franca na Guiné-Bissau, mas tanto quanto o português também não é a língua materna de muitos guineenses pois as primeiras línguas africanas pertencem à família das línguas nigero-congolesas. Foram estas línguas que transmitiram as traduções e conhecimentos africanos.  Ainda são faladas por alguns habitantes ou grupos étnicos, mas permanecem somente no domínio da oralidade.

O crioulo conheceu sua expansão durante a luta pela independência, depois desta se espalhar pelos diferentes grupos étnicos e adquiriu, então, o estatuto de língua da unidade nacional, e também passou a ser utilizado na rádio nacional em músicas (José Carlos Schwarz) ou em mensagens de sensibilização sobre a guerra.



Apesar de o crioulo ser a língua que uniu a população guineense, a Guiné-Bissau tem como língua oficial o português que é também a língua de ensino e de comunicação nos fóruns internacionais. A língua portuguesa é apenas um trunfo para o desenvolvimento do país. Os guineenses precisavam aparecer a nível internacional, e como o crioulo não tinha uma gramática escrita, eles preferiam guardar a língua do colonizador, mesmo que não fosse a língua do povo. Amílcar Cabral um poeta e político, foi um dos defensores desta escolha; diz ele sobre a importância da língua portuguesa para os guineenses : “Temos que ter um sentido real da nossa cultura. O português é uma das melhores coisas que os tugas nos deixaram”. Isso nos mostra que depois que a Guiné-Bissau teve sua independência, o mas importantes foi levantar o país a um nível internacional.

A Guiné-Bissau é um país de inúmeras línguas, umas dominam mais que outras e têm valores diferentes, mas é isto que faz a riqueza cultural deste país. O Crioulo começou apenas como uma língua de comunicação entre europeus e africanos e tornou-se uma língua nacional  e um símbolo de união da população Guineense. Quem sabe um dia não se tornará a segunda língua oficial da Guiné-Bissau ?

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s