Misteriosa Isabel (parte II)

por Tifany Batateiro

Ao acordar nessa charmosa casinha, por mais estranho que possa parecer, Isabel não se sentia em perigo. Nesse lugar que, no entanto, poderia ser assustador visto que nem conhecia o homem, nem esta modesta casa. Ao contrário, sentia-se como se estivesse na sua casa. Difícil de compreender o que lhe estava a acontecer.
O homem chega ao seu lado propondo-lhe um café e bolinhos. Visto que tinha muita fome, aceitou com prazer. Para compreender melhor o que estava a acontecer começou a conversa. Então o homem contou-lhe que a tinha descoberto na floresta, deitada e inconsciente. Por isso, decidiu levá-la para sua casa e ajudá-la. Era a primeira vez que uma pessoa ajudava Isabel sem que ela tenha feito algo por ela. Assim, ela vê surgir um sentimento de reconhecimento que nunca tinha sentido.

Enquanto Isabel estava em casa do seu salvador, Dinis, o seu marido, movia céu e terra para procurar a sua esposa. Mobilizou todas as patrulhas de polícia para poder encontrar a sua amada. Os seus filhos, os seus vizinhos, os seus amigos, todos tentaram procurá-la incansavelmente. Durante esse tempo, a velha senhora que tinha oferecido a capa a Isabel chamou a filha mais velha de Dinis, Constância, e disse-lhe algumas palavras “Encontra-se onde cresceu”. Constância, em pânico, acorre revelar ao seu pai o que disse a senhora. Dinis compreende logo onde o seu amor estava. Pediu a todo o mundo de cessar a procura agradecendo a cada um deles. Em seguida, correu para a cidade e foi diretamente a casa do homem que acolheu a sua mulher. Ao chegar, interrompeu a conversa dos dois.

O homem começou a contar uma história: “Um homem, chamado Pedro, perdeu a sua única filha, Elisabeth, já há muitos anos, pois uma bruxa lançou um feitiço que duraria até à idade adulta: “Aos 30 anos, Elisabeth nunca mais olhará a lua tal como a conhece. Será devedora da lua como um lobo o é à sua matilha. Só um presente vindo de um estranho a poderá libertar deste feitiço”. Pedro e a sua mulher ficaram desesperados. Procuraram a ajuda de todas as pessoas. Mas nada. Um dia de primavera, Elisabeth, 15 anos, encontra um homem que se apaixonou loucamente por ela. Casaram-se rapidamente. Pedro avisou o homem do feitiço mas isso não o aterrorizou. Jurou cuidar sempre dela. Os anos passaram. Pedro perdeu a sua mulher. Nunca mais tinha visto a sua filha até hoje…

Isabel não compreendia nada. Olhou para o seu marido que baixou o olhar, como se tivesse algo a ser perdoado. Perguntou ao homem como este se chama. Depois de um longo momento de silêncio o homem respondeu “Pedro”. A história contada era a sua. Cada vez mais Isabel observava tudo o que se passava à sua volta, e quanto mais olhava mais a casa lhe parecia familiar. Pedro contou-lhe que a sua filha adorava ficar no seu quarto porque… Isabel interrompe o homem e continua “porque havia um armário escondido”. Pedro sorriu-lhe. Neste momento, Isabel compreendeu tudo.

A noite em que saiu de casa contrariando Dinis era a noite em que faria 30 anos. A capa que a velha senhora lhe tinha oferecido alguns dias antes rompeu o feitiço. Mas como conhecia a existência desse feitiço?

Essa senhora era a ama de Isabel, e sabendo da história por causa da conversa de Pedro e Dinis antes do casamento, sempre olhou por ela sem que Isabel se desse conta ou mesmo se lembrasse dela. Ofereceu esse presente sem querer algo em troca. Isabel ofereceu-lhe muita coisa sem saber quem ela era. Graças a ela, Isabel nunca será prisioneira da lua como um lobo.

Isabel encontrou a sua família que agora se tornou maior, acabando os seus dias com ainda mais amor e sonhos.

Fim

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Literatura. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s